A Mediação de Seguros é um trabalho nobre que implica conhecer e compreender o cliente, colocando-o como figura central no processo de venda de um Seguro. A tecnologia serve para nos complementar, nunca para substituir. Veja-se o caso dos seguros efetuados através das seguradoras diretas – nunca vingaram, porque nada substitui a confiança que um cliente deposita no seu mediador. A base desta relação é o aconselhamento, logo, o toque humano nunca será substituído pela tecnologia.

Quem sou

Os clientes são o centro da minha atividade. É para eles que trabalho todos os dias desde 2002, por isso, ser Gestora de Cliente Fidelidade, é acima de tudo, ser empreendedora, apostando no relacionamento interpessoal, estar disponível, promover e oferecer soluções e ser merecedora da confiança que os clientes depositam em mim.

Enquanto Gestora de Clientes coloco o enfoque no serviço a prestar acima de qualquer outra prioridade, procurando acrescentar valor ao que faço pelos outros. Por esta razão, posso orgulhar-me de encarar o futuro com a certeza que tudo faço para que o meu cliente esteja sempre em primeiro lugar.

O que faço

Faço da minha pratica um dos pontos importantes da minha atividade. Apresento as propostas na perspectiva de quem delas usufrui e nunca sob o ponto de vista fácil dos resultados que deles se extraem. Às vezes o menos é mais; por vezes, é mais ponderado terminar um contacto sem venda do que, incutir um produto que não se ajusta às necessidades/capacidades de determinado cliente. Colocar esta vasta e inequívoca experiência de 19 anos ao serviço do cliente é o meu principal objetivo.

Se assim não fosse, não teria chegado onde cheguei nem poderia almejar chegar onde ainda quero chegar.

Produtos

O mercado de seguros desenvolveu-se substancialmente nos últimos anos tanto no ramo não vida, como no vida ou saúde. Presentemente a oferta permite-se ajustar às necessidades de todos, ou quase, tendo em conta o produto à medida.

No Ramo Não Vida, nomeadamente nos Seguros obrigatórios como por exemplo o Automóvel, Acidentes de Trabalho, Incêndio enquanto Propriedade Horizontal ou Alojamento Local, passando pela Responsabilidade Civil Exploração ou Profissional, podemos encontrar um leque de coberturas nunca antes imaginadas, como, o upgrade no seguro de terceiros com coberturas de Danos Próprios passando pela Renúncia ao Direito de Regresso – (em caso de Acidente de Trabalho, onde, por inobservância da Segurança no Trabalho, o sinistro acaba por ocorrer).

Nos Seguros Facultativos, como Acidentes Pessoais, Doença, Responsabilidade Civil Familiar passando pelas Embarcações de Recreio, Bicicletas ou risco Cibernético, a evolução foi tão expressiva que dificilmente existe um tipo de risco que não se enquadre num produto comercializado.

O Ramo Vida também evoluiu, nomeadamente nas coberturas associadas ao Vida Risco como por exemplo no Seguro Obrigatório Crédito Habitação onde a ITP a contratar é mais reduzida, à possibilidade de duplicação de capital em caso de Morte por Acidente de Circulação. Os PPR`S continuam a ser um complemento para a Reforma, e os Produtos Financeiros ou de Capitalização, mais atrativos e de menor Risco.

Missão

Os produtos de seguros são adaptáveis e estão em contínuo desenvolvimento, tal como a vida. A mediação de seguros vencerá sempre, enquanto acrescentar valor ao serviço que presta.

Existe uma mudança clara de necessidades que esta pandemia nos força a acelerar, nomeadamente ao nível dos modelos de consumo e de necessidades pontuais. A tecnologia, reforçou o seu papel preponderante no que concerne à proximidade.

Onde estou

Contacto

Deixe aqui o seu pedido, entrarei em contacto o mais breve possível.

    Seguro Automóvel

    Seguro Saúde

    Seguro Vida

    Seguro Casa

    Seguro de Acidentes de Trabalho

    Outros Seguros...